View Full Version: Portus RPG

Fórum Central > Pós Harry Potter > Portus RPG


Title: Portus RPG


Stepheson - December 15, 2009 03:57 AM (GMT)
user posted image

Nome do fórum: Portus RPG
Link do fórum: http://z10.invisionfree.com/portus/index.php?
Categoria do fórum: Harry Potter > Pós Harry Potter
Formas de contato com a administração: MP para Portus, Storyteller, Virgo, Gemini ou Libra.
Nível de atividade: Recém-aberto
Tipo de personagens: Bruxos.
A história se passa em: Hogwarts / Inglaterra / 2020

Conte a história do fórum:
Inglaterra, 2020


Os tempos mudam conforme o homem evolui e esse ciclo de desenvolvimento não seria diferente em uma comunidade até então restrita, o Mundo Bruxo. Trouxas e Bruxos ainda possuem suas diferenças, principalmente aquelas que forçam a comunidade mágica a se manter escondida.

As correntes separatistas, que davam razão a pureza de sangue e separação dos mundos, tem perdido poder de forma significante na Grã-Bretanha e a campanha de união entre Trouxas e Bruxos tem se destacado e está reunindo cada vez mais adeptos a esse propósito. Instrumentos Trouxas tem sido adaptados e implantados no mundo Bruxo e acessórios mágicos passam a fazer parte do cotidiano dos Trouxas.

No entanto, essa é uma união ainda não oficial aos dois mundos, o Parlamento Inglês e o Ministério da Magia uniram poderes e estão trabalhando para uma junção pacífica de seus mundos e, para que isso ocorra, é necessário tempo, investimento e uma política de educação de caráter extremamente abrangente – já que velhos hábitos precisam ser extintos para dar lugar a novas crenças. Para uns esse projeto é sinônimo de esperança e evolução, para outros um aviso de que a hora tão esperada chegara.



Stonehenge, 1 de Agosto de 2020. 00:00 Hrs.


A escuridão da noite era quebrada pela lua cheia que iluminava o antigo círculo de pedras e aqueles que ali se encontravam. Em seus mantos brancos repletos de símbolos negros, quatro humanos se posicionavam em um círculo maior e quatro humanos estavam próximos ao altar, no qual um homem estava de pé.

O capuz branco, da cor de seu manto, lhe cobria o rosto e suas duas mãos seguravam uma espada na altura de seu peito, apontando para baixo. O silêncio da concentração deu lugar a névoa branco azulada, uma nuvem que se movia em movimentos semicirculares, como os de uma serpente que se arrastava por entre aqueles que ali estavam, percorrendo o círculo simbólico: do Norte ao Sul e Leste ao Oeste. Seguindo posteriormente para o círculo menor: da Terra ao Vento e do Fogo a Água.

A união estava formada pela linha circular enevoada e ao centro dos círculos estava o altar. A energia ali parecia convergir para o centro e o homem ali presente erguera o rosto, o manto que o cobria deslizara para trás deixando seu rosto amostra. Os cabelos claros eram mesclados ao grisalho de sua idade, aparentando seus 40 anos, a barba de um loiro escuro seguia de um maxilar ao outro em uma linha bem feita, a qual delineava o cavanhaque ao queixo e bigode. Os olhos estavam fechados em sinal de fé e concentração e as palavras saíram firmes e graves, como condizia ao seu tom de voz. – Em todas as direções, por todos os elementos. Dedico a ti essa oferenda. E é a ti que chamo neste momento! - A nevoa se tornou escura e avermelhada, erguendo-se ao alto em uma nuvem que se misturava até que a cabeça do bode pairasse por sobre eles.

O homem abrira os olhos e se ajoelhara, baixando a cabeça em sinal de respeito antes de voltar a se erguer e estender o objeto metálico, semelhante a um relógio. – Que meu sangue seja a união dessas tríades. A ti invoco e a ti ofereço a minha redenção! – A mão do homem se abrira e relógio caíra no altar de pedra embaixo de si, quebrando-se. O homem voltara a segurar a espada firmemente com ambas as mãos e a erguera, cravando-a em seu próprio corpo. O sangue escorrera por seu abdômen até chegar ao altar, o homem caíra de joelhos com um baque pesado, as lágrimas escorriam por seus olhos e seu último suspiro fora o suficiente para que olhos do bode se tornassem rubros e a fumaça saísse de suas narinas.


Observações a mais: Err... Quem tiver afim entra ae...


Comentários aqui.




* Hosted for free by zIFBoards